Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem não conhecia, saiam enquanto é tempo...Para quem já conheceu, puxem duma cadeira...Vem aí a versão 2.0...

Dejá vu

Já abordei isto anos atrás.

Estava a almoçar com uma amiga quando ela não só me privou de fazer uma operação delicada numa dourada acabada de pousar à minha frente como decidiu implicar com um casal que almoçava no perímetro em que ela aparentava ser uns bons anos mais velha que o rapaz. Daí resultou uma dissertação feroz da minha parte, uma dourada fria e uma conta que não paguei. Mas fiquei sempre com aquele episódio na memória. Não só porque não vejo nada de errado no amor entre gerações como sempre achei algo estranho a sociedade olhar para essas situações de soslaio e com algum escárnio.

Hoje. Conversa telefónica com uma amiga.

Aparentemente um amigo comum, divorciado vai para um ano conheceu uma rapariga. Está loucamente apaixonado por ela. Ela aparentemente está loucamente apaixonada por ele. Tudo cor de rosa. A chatice para algumas pessoas? Ela tem menos 9 anos que ele.

O HORROR!!! A TRAGÉDIA!!!

E depois vem a pergunta para um milhão de euros...

- Não é normal, pois não??

Mas claro que não é normal, porra... Não é normal duas pessoas nutrirem sentimentos uma pela outra. Gostarem de passar tempo uma com a outra. Arrancar sorrisos uma à outra. Andar de mãos dadas como dois adolescentes parvos, indiferentes ao mundo que os rodeia. Não, isso não é nada normal. Duhhh....

Ah, e claro, para aqueles que não me conhecem isto chama-se SARCASMO de alto quilate...

Agora vem o reality check para algumas pessoas.

- O amor não escolhe idades. Quem lixa as pessoas por causa da idade é a DGV. Ou os cinemas Lusomundo porque de vez em quando não dão o devido desconto aos séniores.

- O Esteves Cardoso escreveu um livro intitulado "O amor é f*dido". E é. Em qualquer idade. Portanto deixem-se de m*rdas retrógadas.

- O amor é lindo. Mesmo quando os envolvidos têm uma fronha tipo Mário Soares, ele continua a ser lindo. Porque aos olhos deles, eles são lindos. Mesmo que ele ressone tipo debulhadora e ela seja uma afronta ao buraco do ozono pela quantidade de metano expelida. Continua a ser lindo.

- E mais importante que tudo...O amor não é um livro do Nicholas Sparks. Não envolve sempre uma fulana a sair de uma relação complicada, uma cidade norte americana perdida no mapa ao pé da costa, uma casa em madeira super catita, sentimentos super fofinhos que despertam em veleiros, noites de tempestade, cavalos selvagens ou afins. Amor é amor. E às vezes é nas coisas mais simples que ele surge. Já vi relações amorosas começarem por causa de um cachorro numa roulote às quatro e meia da manhã. Ah, a beleza invulgar do amor regado a batata palha, mostarda e maionese com uma enorme salsicha enfiada lá pelo meio...Quase erótico, diria...

A diferença de idades no amor tem tanta relevância como o pepino num Big Mac. Sabe-se que existe mas não está ali a fazer nada. Sim, esta é provavelmente a melhor metáfora culinária de todos os tempos.

Suck it up!

 

O amor pelo ponto de vista culinário da coisa...

Almoço. Dear friend of mine.

- Acreditas no conceito de amor para sempre? - perguntou ela.

- De momento acredito no conceito de amor por 20 minutos. - retorqui.

- Então? Que conceito é esse?

- Mais ou menos o tempo que vou demorar a degustar o almoço se continuas com dissertações filosóficas sobre o amor, coiso e tal.

- Mas a sério, acreditas no conceito ou não? - insistiu.

- Não. Acredito no hard working concept. Por exemplo, estás a ver esta picanha? Não se vai comer a ela mesma sozinha, por muito erótico que isso soe. Tem de haver um compromisso entre ela, a faca e o garfo e as minhas favolas. Tudo em conjunto vai-se conjugar na satisfação plena de um bem maior que neste caso, sou eu.As relações são assim. Ou rema tudo para o mesmo lado ou mais vale dar o barco como afundado.

- Desculpa, acabaste de comparar o conceito de felicidade a três fatias de picanha, feijão preto e arroz branco?

- Sim, basicamente. Posso começar a ser feliz de uma vez por todas ou tens mais alguma dúvida existencial que eu possa esclarecer com metáforas gastronómicas e tornar o teu almoço um verdadeiro tormento?

- Não, julgo estar esclarecida...

 

O amor é (versão humor felino à la carte)...

A minha estimada leitora Cloudy lembrou-se de colocar este desafio que consiste em definir o amor...

E já que ela tanto pediu (uma porra, exigiu...) as definições masculinas, não me custa nada e dou-lhe o meu ponto de vista sobre tão estimado sentimento.

 

Amor é...

Pequenos gestos...Não criticar quando ela vai a 50 km/h numa auto-estrada nem a 200 km/h num caminho de cabras secundário...É atestar o carro, porque a ela não lhe apetece...É ver o ar dos pneus, porque ela nunca o vê...E principalmente, lavar o carro, porque para ela, aquilo não está assim tão mau, porque ainda se vê por uma nesga...É lavar a loiça, passar a ferro e porque não, arrumar a casa de tempos a tempos...É agarrar no carro e ir às compras, para deixá-la dormir um pouco mais...É dar um beijo por nenhuma razão especial ou simplesmente dizer-lhe o quão bonita ela está, mesmo que ela esteja de galochas, e calças de ganga com lama até à cintura, e uma long sleeve pouco melhor que as calças...É ter consciência que aqueles defeitos que irritam um homem até à raiz dos cabelos, já lá estavam no primeiro dia...É teres sempre uma botija de reserva para que possas acender a chama do esquentador do amor (isto a não ser que tenhas gás natural...Aí basta pagar a conta!)...Não basta a faísca...

Amor é...iniciativa...É ir buscar um sundae de caramelo simplesmente porque lhe apetece, mesmo que seja meia noite...Mesmo que seja preciso arrombar a porta do Mac...É levar-lhe o pequeno almoço à cama, mesmo que seja chá preto e duas torradas com manteiga...É saber ouvir o que ela tem para dizer, mesmo quando está a dar a bola na televisão...

Amor é...saber ficar calado para não dizer asneiras...É ter a presença de espírito para contar até 100 e mudar o disco...Se necessário, agarrar no carro, ir até um sítio longínquo e dizer todos os impropérios verbais que nos apetecer...O que importa é limpar a alma, a cabeça e principalmente o coração...

Amor é...evitar que a rotina se instale...É agarrar nela e ir beber um café a 300 km, simplesmente porque sim...É ir passar um fim de semana, algures por esse país fora...Se lhes apetecer e o orçamento o permita, também pode ser fora do país...É ir ver o mar, quando está ondulação de 6 metros e as barras fechadas...É estar a chover torrencialmente, mas um gajo ir fazer costeletas grelhadas para a churrasqueira, porque a menina está para aí virada...

Amor é...amizade...É ser um ombro amigo sempre que necessário...Para todos aqueles que são merecedores desse nosso amor...

 

10 pessoas a quem passar este desafio?

Não me apetece...Considerem-no vosso...Se o quiserem fazer, estão desafiados...

Uma caixinha catita que permite pesquisar as entranhas dos últimos anos de posts. Muito útil, principalmente porque nem eu já me lembro de metade do que escrevi...

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Julho 2019

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Licença

Licença Creative Commons
Este obra para além de estar razoavelmente bem escrita (se assim não fosse, não havia tanta gente a plagiá-la), está também licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D